29 de mar de 2012

PRESERVAR NOSSA IDENTIDADE CRISTÃ - UM DESAFIO

PRESERVAR NOSSA IDENTIDADE CRISTÃ – UM DESAFIO Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças – Cl 2.6, Preservar nossa identidade na verdade, trata-se de um grande desafio, dado à proximidade da volta de Cristo para buscar sua igreja. Estamos vivendo num mundo de constantes transformações na sociedade modernizada.Este período é denominado “pós-modernidade”. Entretanto, a igreja precisa de rumo. Ela não precisa de novos propósitos, como alguns parecem interpretar. Jesus deixou propósitos para sua igreja – Mt 28.18-20; Mc 16.15 O QUE É UM DESAFIO. É um repto lançado a alguém. É uma grande dificuldade a ser superada. É um grande teste de suficiência e de resistência a ser solucionado. Urge que os obreiros do Senhor se preocupem em rever os paradigmas que estão utilizando no ensino da Palavra de Deus, de modo que não venham a apresentar um estudo bíblico irrelevante, desprovido da graça de Deus. Não podemos abrir mãos dos princípios doutrinários expostos nas páginas das Escrituras, em busca de um evangelho sem compromisso, e de um cristianismo sem Cristo. O momento atual que estamos vivendo deve nos servir de alerta, pois a igreja de Cristo está sendo atacada por falsos mestres, que em busca de um evangelho triunfalista enganam os incautos e tentam atrair o rebanho após si (At 20.29,30). O pastor, o pregador, e o ensinador cristão devem aproveitar bem a oportunidade oferecida nestes dias de escola bíblica e se preparar espiritualmente, a fim de que seu ministério seja eficaz. É bom lembrar as palavras da irmã Durvalina bezerra, diretora do Seminário Betel Brasileiro, de São Paulo: “Numa época em que a fé perde os seus conceitos,a doutrina é substituída pela experiência e a consciência cristã se acomoda no sensorial, há necessidade de vivermos um cristianismo genuíno, que tem a mente cristã como filtro de toda a verdade”. Esperamos em Deus que nestes dias de estudo da Palavra possamos receber um verdadeiro mover do Espírito e sermos renovados em nosso ministério para cumprirmos cabalmente o ministério que nos foi confiado. Certamente o Senhor nosso Deus nos ajudará, e assim conseguiremos preservar nossa identidade cristã em meio a densas trevas que cobre esse mundo mal. Durante esses cem anos de pentecostes em nossa pátria, a chama do Espírito tem se espalhado qual fogo em campo aberto, e Deus em sua infinita graça tem levantado homens e mulheres para trabalhar em prol do seu Reino aqui na terra. O legado que deixou os nossos pioneiros jamais devem ser esquecidos por nós, temos a responsabilidade, o desafio de darmos continuidade a esta tão grande tarefa. Convém aqui relembrar as últimas palavras de Gunnar Vingren, um dos fundadores das Assembléias de Deus no Brasil, antes de adentrar as mansões celestiais: “ Diga-lhes que vou feliz com Jesus e, como um pai em Cristo, exorto a todos a receber a graça de Deus, que quer operar mais santidade e humildade, para que possam receber os dons do Espírito Santo. Somente desta maneira a igreja de Deus poderá estar preparada para a vinda de Jesus. José Carlos Alexandre, Pr.

Nenhum comentário:

Postar um comentário