26 de nov de 2009

SEITAS E HERESIAS



1. DEFINIÇÃO

Segundo o dicionário Aurélio assim é definida uma seita:
a) Doutrina ou sistema que diverge da opinião geral e é seguido por muitos;
b) Teoria de um mestre seguida por numerosos prosélitos;
c) Facção, partido.

• O termo seita vem do substantivo latino “SECTA” e do verbo “SEQUI” que significa seguir. No grego temos a palavra “HAIRESIS” (heresia) e significa: escolha, seleção, preferência. Daí surgia a palavra seita, por efeito de semântica.

• Do ponto de vista cristão, diz o Pastor Antonio Gilberto: significa “o individuo ou grupo afastar-se da Palavra de Deus e adotar e divulgar suas próprias idéias ou de outrem. Em matéria de religião, é a perversão do evangelho – II Tm. 1.13. O termo “HAIRESIS” aparece 5 vezes no Novo Testamento – vide: At. 5.17; 15.5; 24.5; 26.5; 28.22.

• No sentido bíblico “seita” é todo desvio da verdade divina como revelada nas Santas páginas das Escrituras Sagradas. As seitas seduzem pela força de suas convicções, pela sinceridade de seu entusiasmo e pela simplicidade de sua doutrina.

2. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE UMA SEITA

2.1. Tem a tendência de se prender as coisas menores, negligenciando as mais importantes;
2.2. Prendem-se a certas verdades periféricas;
2.3. Não apresentam o Senhor Jesus como o centro das atenções, mas sim seus fundadores, profetas ou outros deuses;
2.4. Utilizam textos bíblicos isolados, interpretando-os, fora dos princípios da Hermenêutica;
2.5. Utilizam-se de fontes de autoridades fora das Escrituras como: livros, interpretações, sonhos etc.;
2.6. Seus fundadores em geram possuíam baixo padrão moral;
2.7. Tendem ao fanatismo;
2.8. A salvação é obtida através do esforço do próprio homem.

Nota: O estudo da heresiologia é importante, sobretudo pelo fato de os ensinos heréticos e o surgimento das seitas falsas, serem parte da escatologia bíblica, a doutrina que trata das últimas coisas. Paulo, Pedro e João escreveram muito ousadamente contra os heresiarcas – vide: I Tm. 4.1; II Ped. 2.1-3; I João 2.18-22

3. COMO IDENTIFICAR UMA SEITA
Uma seita é identificada, em geral, por aquilo que ela prega a respeito dos seguintes pontos:
3.1. Sobre a Bíblia Sagrada;
3.2. Sobre a Pessoa de Deus;
3.3. Sobre a queda do homem e o pecado;
3.4. Sobre a pessoa e obra de Cristo;
3.5. Sobre a Salvação e o Porvir.
Se o que uma seita ensina sobre esses assuntos, não se coadunam com as Escrituras, podemos estar certos de que estamos diante de uma seita herética.


4. FATORES QUE PROMOVEM O SURGIMENTO DE SEITAS
4.1. O diabo;
4.2. A ação diabólica no mundo – II Co. 4.4;
4.3. A ação diabólica contra a igreja – Mt. 13.25;
4.4. A ação diabólica contra a Palavra de Deus – Mt. 13.19
4.5. A Falsa Hermenêutica – II Ped. 3.16
4.6. O descuido da igreja em pregar o evangelho – Mt. 13.25
4.7. Imaturidade espiritual – Ef. 4.14

Obs.: A importância de haver ensino na igreja – I Tm. 1.3; II Tm. 3.5; Gl. 5.1; Cl. 2.6,7



“Ao rei consagro o que fiz...”


Pr. José Carlos Alexandre
Visite meu blog: http://prjosealexandre.blogspot.com/

8 de nov de 2009

A TRAJETÓRIA BRILHANTE DE UM VERDADEIRO SERVO DE DEUS

COMBATI O BOM COMBATE ACABEI A CARREIRA E GUARDEI A FÉ...DESDE AGORA A COROA DA JUSTIÇA ESTA RESERVADA NÃO SÓ A MIM;MAS A TODOS QUANTO AMAREM A SUA VINDA...
Meus amados irmãos em Cristo Jesus, as palavras do apostolo Paulo foram cumpridas na vida do meu querido sogro, neste dia 06 de novembro, precisamente as 6:30hs, ele deixava esta vida para adentrar nas mansões celestiais e estar assim para sempre com o senhor. Momento este dificil para nós que ficamos, mas também momento de reflexão, a partida de um servo de Deus é sempre um alerta para nós que ficamos aqui na terra; é momento de refletirmos, de consagrar nossa vida a Deus, pois a qualquer momento Deus tambem poderá nos chamar.
Pastor João, foi um verdadeiro servo do Mestre, homem que deu sua vida pelo evangelho, trabalhou para Cristo até não reunir mais forças fisicas para estar na casa do Senhor; homem sensivel a voz do Espírito, trabalhava com denodo e imensa dedicação em prol da igreja, amante da escola dominical, leitor da Bíblia, homem de oração e de muita comunhão com Deus, deixa-nos um legado maravilhoso, de uma história que o tempo não poderá apagar; eu vivi junto dele, passavamos horas e horas falando da Palavra, e não era raro os momentos que ele chorava copiosamente ao falarmos das histórias bíblicas; falavamos dos profetas, dos milagres de Jesus, da oração, falavamos do céu, céu que agora ele estar lá, céu que ele tanto almejou; oh quantas saudades sentirei dessas nossas conversas, dos conselhos, das preocupações que ele tinha para comigo, do apoio, das orações e do verdadeiro amor que ele nutria por nós, fica a saudade e também a certeza de que na manhã alegre da ressurreição nos veremos de novo; agora não para chorar a dor da morte, da separação, mas sim a alegria de nos vermos no céu de luz e estarmos para sempre com o Senhor.
Mediante tudo isso que aqui expus, faltam-me palavras para falar mais desse grande pastor, homem, esposo, amigo, conselheiro, pai, e sobretudo do que ele representou para nós; mas venho em profunda gratidão ao meu Senhor dizer: Obrigado Senhor pelos anos que deixaste ele conosco, foi muito bom, e agora nós queremos seguir seu exemplo e também ser fiel a ti até a hora da nossa partida deste mundo.

Pr. Alexandre
Ao Rei Consagro o que fiz...Sl.45.1